Aumente a capacidade de armazenamento da sua cozinha, com estas dicas simples e crie espaços onde nunca pensou que houvesse.

1. Reforme os seus armários, para personalizá-los e maximizar o espaço. Insira formas de armazenamento, gavetas, prateleiras, ganchos, etc.

2. Se sua cozinha é pequena, vá ao supermercado com mais frequência e diminua a necessidade de espaço na despensa.

3. Armazene pequenos aparelhos de uso diário, ou semanal, em áreas da cozinha de fácil acesso. Aqueles que são utilizados com menos frequência podem ser armazenados até mesmo em outros cômodos da casa. Pergunte-se: será que realmente preciso disso?

4. Instalar prateleiras ou ganchos pode maximizar o espaço da parede vazia, mas tenha cuidado para não criar um ambiente carregado demais.

5. Coloque uma prateleira numa porta, ou janela, para armazenar livros de receitas ou para sustentar alguns pratos favoritos.

6. Use a área entre os armários e o teto para armazenar bandejas ou cestas cheias de itens usados raramente.

Fonte: OZ!

Bookmark and Share

Se você tem dúvidas sobre a maneira correta de secar e pendurar as roupas no varal, veja algumas dicas que o site Bbel coletou com Maria Aparecida Albuquerque , coordenadora de treinamento da lavanderia Dryclean USA, e Paulo Pedro Alfieri, professor de engenharia têxtil do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana).

Antes de pendurar

Antes de colocar as peças para secar, tenha certeza de que os resíduos de sabão e amaciante foram removidos na maior quantidade possível. Tecidos mal enxaguados perdem qualidade, desbotam e amarelam com mais facilidade, principalmente quando expostos ao sol.

Para que seque em melhores condições para ser passada, adquira o hábito de puxar a roupa ainda úmida pelas laterais para colocá-la o mais próximo possível da forma original. Por exemplo, puxe as pernas das calças para estendê-las e a cintura para desenrugá-la antes de pendurar no varal. Bata no ar as camisetas duas a três vezes para eliminar as rugas formadas durante a centrifugação.

Prefira secar à sombra

Quase todo mundo sabe que a melhor opção para secar as roupas brancas é não colocá-las diretamente expostas ao sol, mas mantê-las na sombra. Esse cuidado também pode ser estendido para todas as outras peças, pois os raios solares, assim como amarelam os tecidos brancos, desbotam os coloridos e enfraquecem as fibras dos tecidos no geral.

Continue lendo…

Bookmark and Share

Com a implantação de trânsito em mão única, sentido centro, na Avenida Roberto Silveira, prevista para o próximo dia 25/04, quarta-feira, o Plano de Transporte Público elaborado pela Prefeitura de Niterói, através da Nittrans, avança em mais uma etapa no conjunto de mudanças viárias adotadas para garantir a mobilidade da população, entre o Largo da Batalha e o Centro da Cidade. Os ônibus circularão em duas faixas exclusivas, enquanto os demais veículos poderão acessar as ruas de Icaraí dobrando à esquerda, sem necessidade de efetuar a manobra em Santa Rosa.

A alteração permitirá um expressivo aumento da capacidade de fluidez pela manhã na Avenida Roberto Silveira, principal via de escoamento da Zona Sul, Região Oceânica e Pendotiba, em direção ao Centro e Ponte Rio-Niterói. Á tarde, o trânsito sentido contrário utilizará as ruas Gavião Peixoto e Mem de Sá, a partir da Rua Miguel de Frias.

Terça-feira, 23/04, será mudada a mão de direção no trecho da Rua Mem de Sá, entre ruas Miguel de Frias e Pereira da Silva, que passa a fluir em direção à Rua Lopes Trovão em todo o percurso. Para os motoristas com destino a Santa Rosa, Cubango e Vital Brasil, a Rua Mem de Sá passa a ser opção mais adequada.

O estacionamento permanece proibido nas ruas Gavião Peixoto e no trecho da rua Miguel de Frias, entre Avenida Marquês do Paraná e Gavião |Peixoto. Quarenta agentes da Secretaria de Serviços Públicos Transporte e Trânsito vão atuar na fiscalização das irregularidades e na orientação do trânsito, apoiados por guardas municipais. Dois reboque estarão postados nas proximidades para desobstruírem as ruas, em caso de paradas indevidas.

Leia mais…

Bookmark and Share

Quando se trata de não deixar o barulho da rua entrar em casa, muitas pessoas logo se veem gastando fortunas com revestimentos acústicos. Mas nem sempre esta é a única alternativa possível. Algumas soluções práticas como apostar em tecidos macios, felpudos, fibrosos e flexíveis, como veludo e algodão, em cortinas, tapetes e estofados podem ajudar a abafar o ruído e reduzir o problema.

Diante disso, é preciso lembrar que cortinas feitas com tecidos leves como seda e voile não são indicadas para locais barulhentos. Assim como sofás de couro, mesas de vidro e móveis com revestimento laminado ou madeira envernizada, que possuem superfícies muito lisas e “refletem” o som, promovendo sua reverberação.

“Em acústica é preciso garantir o isolamento e a absorção interna do som. As saídas práticas, neste quesito, são fundamentais para impedir que o barulho que entrou não se espalhe para todos os ambientes”, afirma Cecilia Muller, professora do curso de design de interiores do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Continue lendo…

Bookmark and Share

Bookmark and Share

Bookmark and Share

A presidente da Petrobras, Graça Foster, admitiu nesta terça-feira (17) que a estatal tem intenção de aumentar o preço dos combustíveis, como gasolina, em “algum momento”, mas ela não definiu exatamente quando. Em evento no Rio de Janeiro, Graça Foster afirmou que o patamar do preço internacional do petróleo está mais alto do que em anos anteriores.

“Há claramente uma mudança no patamar de preços neste horizonte de 2012. Em algum momento, a expectativa é que tenhamos reajuste no preço de combustíveis. Se é em um mês, dois, três ou seis, eu não sei”, disse.

Nos últimos anos, a Petrobras tem justificado a manutenção do preço dos combustíveis negociados pela estatal por conta da política da empresa de não repassar a volatilidade do preço internacional para o mercado doméstico.

Segundo a empresa, o combustível só é reajustado quando um novo patamar no mercado internacional é detectado. No entanto, essa política resultou em prejuízo para a empresa no ano passado.

Fonte: UOL

Bookmark and Share

O Jardim Botânico de Niterói, o popular Horto do Fonseca, na Alameda São Boaventura, sediará sua 4ª Mostra de Orquídeas no sábado e domingo.

Visitantes e admiradores poderão conhecer grande variedade de plantas, em exibição do Orquidário Maricaense, produtor de bromélias e orquídeas, em parceria com o Programa Florescer, uma iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro. A expectativa é de que 5 mil pessoas visitem o evento, mil a mais do que no ano passado.

Além de observar, quem comparecer à exposição terá a oportunidade de adquirir bromélias, orquídeas e mudas em diversos estágios de crescimento a partir de R$ 5, além de material para plantio e cultivo.

Para o diretor do Horto de Niterói, Leonardo Reis, a exibição é uma oportunidade de cenário mais atrativo para quem já conhece o local e para quem vai pela primeira vez. “É uma exposição belíssima que vale a pena conferir”, diz.

Exposição durante todo o dia- A mostra será realizada das 9h às 17h e a entrada e o estacionamento serão gratuitos. Para quem não puder ir ao evento, mas quiser conhecer ou adquirir plantas o Jardim Botânico de Niterói inaugurou em setembro um Orquidário e Bromeliário, que também é aberto ao público e funciona de terça a domingo, das 8h às 17h.

Fonte: O Fluminense

Bookmark and Share

A taxa média de juros do empréstimo pessoal caiu de 5,87% ao mês para 5,78% ao mês em abril, recuo de 0,09 ponto percentual, segundo pesquisa divulgada pela Fundação Procon-SP nesta quinta-feira (12). No cheque especial, o recuo foi um pouco menor, de 0,02 ponto percentual, passando de 9,54% a.m. para 9,52%. Foram consultadas as taxas do Banco do Brasil, do Bradesco, da Caixa Econômica Federal, do HSBC, do Itaú, do Safra e do Santander.

As quedas nas taxas dos empréstimos pessoais foram registradas no Banco do Brasil (de 5,23% para 5,20% ao mês), Bradesco (de 6,33% para 6,31% ao mês), Caixa Econômica Federal (de 5,40% para 4,90% ao mês) e HSBC (de 5,99% para 5,93% ao mês). Os outros bancos mantiveram a taxa.

Quanto às taxas do cheque especial, foram verificados recuos no Banco do Brasil (de 8,37% para 8,31% ao mês), no Bradesco (de 8,93% para 8,90% ao mês), no Itaú (de 8,95% para 8,89% ao mês). O restante dos bancos não fez alteração.

Recentemente, a Caixa anunciou redução das taxas de juros de suas principais linhas de crédito para pessoas físicas. O Banco do Brasil já havia baixado seus juros na semana anterior. Porém, segundo o Procon, somente nas pesquisas de juros dos próximos meses, será possível avaliar os reflexos dessas reduções no mercado financeiro.

Fonte: G1

Bookmark and Share

Uma série de fatores faz uma obra mais sustentável: desde a hora do planejamento até a construção, a escolha de produtos e serviços mais sustentáveis são importantes para o processo. Além disso, deve-se pensar em como a casa se comportará nos anos seguintes.

Uma das opções para construções é o tijolo ecológico, que utiliza um sistema de produção mais sustentável ainda na fábrica e permite várias vantagens para o usuário, como o isolamento térmico e acústico, além de obras mais limpas.

O processo de fabricação inicia com a peneiração da terra. Em seguida, é feito a mistura do solo, cimento e água no misturador. Depois de pronta, a mistura segue para a prensa hidráulica. São 6 toneladas de pressão que transformam a massa em tijolos ecológicos. Na sequência, os tijolos passam pelo processo de hidrocura, ou seja, são curados com água durante quatro dias até adquirirem a resistência adequada. Assim, o material não é cozido em fornos, deixando de utilizar lenha e de emitir gases do efeito estufa.

1. Diminuição do tempo de construção (devido aos encaixes, que favorecem o alinhamento e prumo da parede);

2. Estrutura mais segura: como as colunas são embutidas nos furos, a carga de peso é melhor distribuída;

3. Redução no uso de madeiras nas caixarias dos pilares e vigas;

4. Economia de 70% do concreto e argamassa de assentamento e de 50% de ferro;

5. Maior durabilidade, podendo ser até seis vezes mais resistente que os convencionais;

6. Fácil acabamento, já que pode ser utilizado apenas com um impermeabilizante, podendo dispensar o uso de tintas e outros acabamentos. O assentamento dos azulejos também pode ser feito diretamente sobre os tijolos;

7. Isolamento térmico e acústico, gerados pelos furos no meio dos tijolos, que formam câmaras de ar;

8. Instalações hidráulicas e elétricas podem ser realizadas através dos furos.

Fonte: Atitude Sustentável

Bookmark and Share