Estamos chegando no ano de 2013, já começa ser natural as pessoas buscar por renovação. Para quem está a procura de uma renovação, basta utilizar do métodos de simpatias, que muitas pessoas acreditam que funciona, exemplo, como pular sete ondas do mar, comer sete uvas, guardar sementes da romã na carteira e saborear um belo prato de lentilha.

Dizem que tudo isso traz prosperidade. Se você acredita no esoterismo e em atitudes que por si fazem a diferença para o ano que começa, confira abaixo simpatias de Réveillon 2013:

Pular sete ondas
Essa simpatia é para quem vai comemorar a virada do ano em grande estilo na praia, segundo a lenda pular as 7 ondas e fazer um pedido trás muita sorte na vida. A água no mar tem propriedades que ajudam a renovar as energias para começar o novo ano com muita sorte e ajudar na realização dos desejos pedidos, enquanto pulava as ondas.

Roupas novas
Uma dica é usar roupas, lingerie, cuecas essas simpatias garantem muito sucesso no amor. A cor mais indicada para a virada do ano é o branco que representa purificação e luz. Cada cor representa algo, por isso, use a cor que representa o que você deseja conquistar em 2014.
Pulinho com o pé direito

Após passar de meia noite e entrar no ano novo, faça sete pulinho, essa simpatia garante atrair pensamentos positivos e coisa boas na sua vida. Além dos pulos à meia-noite, pule com uma taça de champanhe na mão, mas não deixe que nenhum gole se derrame e jogue a champanhe para trás de uma única vez e não olhe para trás, deixando tudo de ruim que aconteceu neste ano velho e não acerte a champanhe em outras pessoas.

Coloque moedas embaixo do tapete
Para atrair mais dinheiro neste novo ano, a simpatia é colocar seis moedas de qualquer valor debaixo do tapete que fique na frente da entrada principal da casa, deixe-as por lá o resto do ano, verificando com frequência se as mesmas continuam por lá e se caso alguma sumir, reponha. Outra opção é jogar algumas moedas de fora para dentro da casa quando der meia-noite.

Fonte: Cogumelo Louco

Bookmark and Share

Dentre todas as simpatias de Ano Novo, certamente uma das melhores é estar rodeado de boas energias. No momento da virada, há quem prefira o aconchego do lar, os que curtem estourar o champagne nas areias da praia, mas existe, também, um grupo que não abre mão do conforto, da segurança e dos mimos das festas pagas. Em Niterói e no Rio de Janeiro são muitas as opções de locais que promovem os “réveillons all inclusives”.

O Réveillon Dourado agita os salões do Iate Clube Icaraí, na noite da virada. A festa, assinada pela promoter Marlene Nasser, terá início às 22 horas e contará com decoração especial em tons ouro e branco. A música ficará por conta da banda Swing Rio, que vai embalar a pista com repertório bem eclético, apresentando hits dançantes.

De acordo com Marlene, o objetivo da festa é fazer com que o público curta a passagem do ano como se estivesse em casa.

O Tantra Mongolian Grill, com vista privilegiada para a orla de Icaraí, mais uma vez promete uma grande festa para a passagem de ano, a partir das 22 horas. A festa terá como tema o Songkran, que é o Ano Novo Tailandês e significa “passar ou mover-se para”. Na prática, relembra as festas de réveillon ocidentais, por passar a ideia de deixar para trás o que não deu certo e renovar energias e esperanças para o ano novo. A festa é o brinde ao futuro, ao ano novo que está por vir.

Nesse clima do Songkran, a festa de boas vindas de 2013 contará com a apresentação da Banda JPG, formada por João Ramalho, Phil Braga e Gema. João é filho de Zé Ramalho e Amelinha, e, junto com Phil e Gema, criou uma mistura musical com R&B, Dance, House, Beats e Rock. O convite garante o jantar completo com buffet japonês e café da manhã. As bebidas também estão no esquema all inclusive, com vodka, whisky, espumante, cerveja, refrigerante, sucos e água. O evento conta com a produção do promoter Haroldo Enéas.

 

Leia mais…

Bookmark and Share

A Secretaria da Receita Federal informou nesta terça-feira (18) que já está disponível, por meio de sua página na internet, um serviço gratuito de regularização da situação cadastral no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). “O novo serviço ficará disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive nos feriados”, informou o órgão.

Antes, ainda de acordo com o Fisco, a pessoa física com inconsistência cadastral no CPF tinha que se dirigir, obrigatoriamente, a uma unidade de atendimento das entidades conveniadas à Receita Federal (Correios, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal) e solicitar o pedido de regularização ao custo de R$ 5,70. A partir de agora o serviço estará disponível das duas formas: pela internet ou pela rede conveniada.

O link do serviço também poderá ser acessado por intermédio da Consulta ao Comprovante de Situação Cadastral no CPF, quando o sistema retornar a informação de que o número de CPF encontra-se na situação cadastral suspensa, informou a Receita Federal.

“O Pedido de Regularização CPF Internet consiste em formulário eletrônico, de fácil preenchimento, no qual o solicitante deve informar os seguintes dados: número do CPF, nome, data de nascimento, nome da mãe, naturalidade e título de eleitor”, acrescentou o órgão.

Fonte: G1

Bookmark and Share

Bookmark and Share

Comprar presentes de Natal em cima da hora é uma aventura. Não apenas pelos quilómetros infindáveis de trânsito nas zonas comerciais, pelas lojas cheias, pelo estacionamento esgotado, mas principalmente pela dificuldade que é encontrar o presente ideal quando já há muita coisa esgotada.

Para que esta experiência não se torne num pesadelo, o primeiro passo é fazer uma lista com o nome de todas as pessoas a quem vai oferecer presentes e ir pensando no que essa pessoa iria gostar. Se é daqueles que deixam os presentes para a última hora, prepare-se, pois mesmo em crise, irá encontrar os centros comerciais cheios. Confira cinco dicas que vão facilitar-lhe a vida e vão evitar que arruíne a sua conta bancária.

Faça uma lista
Faça uma lista de todos os familiares e amigos que merecem receber um presente. Depois determine quanto dinheiro pode gastar no total, sem comprometer a sua saúde financeira, e, só depois, decida quanto é que vai gastar por cada pessoa que consta na sua lista. Seja qual o valor destinado para pessoa, faça todos os esforços para manter o orçamento inicial e não gaste dinheiro que não tem.

Depois de fazer a lista, imagine o que gostaria de oferecer a cada pessoa e compare preços através da internet. Para isso, utilize sites que comparam preços.

Evite gastar demais
Esta quadra faz com que muitas pessoas se deixem entusiasmar e acabem por gastar mais do que podem. Não vale a pena exceder-se nos gastos com presentes, porque vai falhar a regra número 1: fazer um orçamento de natal e manter-se fiel a ele.

Além disso, está criar falsas expectativas aos seus familiares e amigos. No próximo ano, se não conseguir manter o budget, estes poderão ficar desapontados.

Utilize cartões que o ajudam a poupar
Nesta época natalícia pode também colocar os cartões bancários a favor da sua carteira. Por exemplo, algumas marcas têm cartões de fidelização que permitem acumular pontos que depois são convertidos em diversos tipos de vantagens. Por outro lado, não se que esqueça que existem cartões bancários que permitem o cash-back. Ou seja, os bancos devolvem ao cliente uma pequena percentagem do valor efetuado em compras com este meio de pagamento. Nota ainda para os cartões que permitem o arredondamento para a conta poupança e por fim aos cartões que permitem preparar a reforma.

Vá às compras sozinho
Quem faz compras sozinho tende a gastar menos dinheiro do que aqueles que vão às compras com amigos ou familiares. Um parceiro para as compras poderá ser motivo de distração, mas também o podem pressionar a comprar presentes que não estão na sua lista. Assim, por mais que a companhia lhe saiba bem, prefira sempre ir às compras sozinho.

Este fator é especialmente importante se tiver filhos. As lojas colocam os produtos destinados aos mais pequenos, mesmo ao nível dos seus olhos, o que faz com que estas se sintam atraídas por determinado objeto e corre o risco de ter o seu filho a fazer uma “cena” à frente de todos para ter o brinquedo em causa. Estas situações são fáceis de evitar, por isso deve procurar não fazer compras com os filhos.

Seja criativo
Se o seu orçamento de Natal é tão apertado, que não chega para todas as pessoas que constam na lista, dê asas à imaginação. Se tiver algum talento especial, poderá usá-lo como presente, por exemplo, se tiver jeito para doces, faça umas compotas ou umas bolachas para oferecer, se tiver jeito para as artes manuais, faça um colar.

Se não tiver nenhum talento especial, pode, por exemplo, oferecer um “voucher” caseiro para tomar conta do seu sobrinho enquanto os pais vão jantar fora, oferecer uma limpeza de casa ou pintar uma divisão da casa. Basta ter imaginação.

Fonte: Saldo Positivo

Bookmark and Share

Basta andar pela sessão de higiene e limpeza dos supermercados para ver as inúmeras soluções que o mercado oferece para a dona de casa deixar sua casa limpa, protegida de bactérias e perfumada. Entretanto, na hora de fazer uma boa faxina e até mesmo na limpeza simples do dia a dia, muita gente ainda prefere utilizar o álcool acreditando em sua eficiência superior. A questão é polêmica, mas até que ponto vale a pena recorrer a um produto tão perigoso?

Os registros da utilização de álcool como produto de limpeza vêm desde a Idade Média. No Brasil, é usado há mais de 200 anos sobretudo em hospitais e serviços de saúde devido às suas propriedades antissépticas e potencialidades microbicidas e germicidas. Seu uso é tão popular que o Brasil é considerado um dos maiores consumidores de álcool para uso doméstico no mundo e um dos poucos onde a comercialização é permitida sem fiscalização ou controle.

Os tipos de álcool mais utilizados para limpeza são o etílico e o isopropílico. Ambos são antissépticos e desinfetantes, mas o álcool isopropílico é mais eficiente contra bactérias, enquanto o etílico é mais potente contra vírus. O álcool etílico possui água em sua composição e é comercializado facilmente nos supermercados a preços baixos, já o isopropílico é mais caro e tem sua comercialização restrita à farmácias de manipulação e lojas de hardwares, pois sua fórmula anidra, isto é, com pouquíssima água, é mais eficiente na limpeza de hardwares, pois evita a corrosão e a oxidação dos metais presentes nesses equipamentos.

O alerta para o uso do álcool consiste no fato de se tratar de um produto altamente inflamável que, quando inserido no uso doméstico para limpar a casa ou acender churrasqueiras, expõe adultos e principalmente crianças a queimaduras gravíssimas e riscos que podem ser fatais.

Os dados referentes a queimaduras em adultos e crianças são altíssimos, mas não são exatos. De acordo com o Ministério da Saúde, no ano de 2011 mais de 7.200 pessoas foram internadas em consequência de queimaduras causadas por produtos inflamáveis como álcool, gasolina, diesel, querosene, entre outros, e o uso indevido e o armazenamento inadequado dessas substâncias nas residências colaboram para o aumento desses dados.

Continue lendo…

Bookmark and Share

Quando chega o Natal, um dos momentos mais importantes é a ceia, onde reunimos as pessoas que a gente mais gosta, para celebrar o nascimento de Jesus. Mas, antes de preparar a ceia, temos que ter a preocupação de saber qual a quantidade correta de comida e bebida que será servido aos convidados. E esse duvida é procedente já que muitas familias ficam em duvida em qual comida preparar e ainda fazer um pouco de economia nas compras de Natal.

A primeira coisa a saber em ocasiões como essa é o número de convidados.Logicamente, quem participa da ceia, vai ter certeza de que terá uma mesa farta e diversificada. Então, lembre-se de que o número de convidados é essencial na hora de comprar ingredientes para os pratos e bebidas. Evite exagerar na quantidade, isso causa desperdício, o que é muito desagradável.

Como organizar uma ceia de Natal?

Numa ceia é constituida de pratos de entrada, pratos principais, acompanhamentos e sobremesa. Sabendo quais receitas natalinas serão feitas na ceia, fica mais fácil avaliar a quantia de comida e bebida necessária por pessoa.

Como calcular comida e bebida para ceia?

– Pratos de entrada: patês em geral (3 colheres por pessoa)

– Pratos principais: peru, chester, pernil e tender (a média é de 250 g de carne por pessoa). Segundo os especialistas,uma peça de pernil(em média de 2,5 kg) serve 10 pessoas.

– Acompanhamento: arroz (1 copo americano para 4 pessoas), farofa (em média ,4 colheres de sopa por pessoa).

-Sobremesa de Natal: Dependendo da sobremesa feita , o convidado poderá repetir pelo menos uma vez. O correto é fazer uma receita que permita duas porções por pessoa. Não esqueça de abusar das frutas da época.

– Bebidas: A quantidade de garrafas dependerá do número de convidados. Um vinho serve 6 pessoas, uma cerveja dá para 2 pessoas, uma champagne espumante serve 3 convidados e refrigerante normalmente é 500ml por pessoa. O cálculo é feito sob o total de convidados sem levar em conta o gosto de cada um. Afinal cada pessoa tem um gosto diferente.

Então, diante dessas dicas, faça boas compras e tenha um bom Natal!

Fonte: Dicas Mais

Bookmark and Share

Os custos são determinantes na escolha de bens e serviços. Quando estamos à procura de produtos financeiros para aplicar nosso dinheiro, não é diferente. Ao aplicar em ações, você paga taxa de corretagem, emolumentos, custódia e outros. Para investir em fundos, paga-se taxa de administração.

A taxa de administração é o valor que remunera gestor, administrador e custodiante – agentes que atuam conjuntamente na tarefa de aplicar o dinheiro dos investidores com transparência e segurança. Ela incide sobre o patrimônio do fundo e, embora seja uma taxa anual, é deduzida diariamente. É importante ficar claro que a rentabilidade divulgada de todos os fundos é líquida de taxas – ou seja, todos os descontos já foram realizados, até mesmo taxa de performance, quando houver.
Como esta taxa varia entre as diferentes categorias de fundos oferecidos no mercado, os investidores ficam com muitas dúvidas na hora de escolher. Por isso, é preciso entender quais os custos estão embutidos na taxa e como impactam os retornos, para não confundir taxa baixa com taxa justa.

Para facilitar a compreensão do valor das taxas de administração, vou separar os fundos em três grandes grupos. Cada um engloba tanto os fundos quanto os FICs, fundos que investem em cotas de outros fundos. No caso de FICs, a taxa é a soma das taxas.

1) Fundos passivos ou índices
São fundos que apenas replicam determinada carteira ou seguem a variação de um índice. Nestes fundos, não há trabalho intenso de gestão e análise, nem de operações. Não há preocupação com o cenário macroeconômico, nem tomadas de decisão relevantes. Operações são realizadas somente quando há aplicações, resgates ou ajustes nas carteiras teóricas. Assim sendo, a taxa de administração cobrada neste grupo é a mais baixa e deve ser inferior a 1% ao ano.

2) Fundos ativos de renda fixa
A boa performance deste grupo depende de análise do cenário macroeconômico e também de seleção de ativos de crédito privado. Só que análise de crédito é uma tarefa complexa. O risco de inadimplência neste mercado é elevado, exigindo muita experiência dos profissionais que fazem gestão destes fundos.

Embora alguns ativos de crédito estejam disponíveis para o investidor individual, como CDB e debêntures, é recomendável não se aventurar por conta própria. É melhor aplicar através de fundos, pois a diversificação minimiza o risco inerente deste mercado. Os fundos ativos de renda fixa exigem um trabalho mais intenso de gestão, por isso, a taxa de administração pode ultrapassar 1%, mas não deve ser superior a 2% ao ano.

3) Fundos ativos de ações ou multimercado
Estes são os fundos mais intensos em gestão e análise da indústria de fundos. Combinar macroeconomia e análise fundamentalista com modelos quantitativos requer um time de profissionais experientes e qualificados, além de uma infraestrutura para dar suporte às análises e operações.

Por isso, fundos com estratégias mais sofisticadas e que operam ativos de mais risco cobram taxas de administração mais altas. É razoável pagar entre 2% e 4% ao ano para alcançar maiores retornos e ter acesso a vários mercados, como o de derivativos e o mercado global. A diversificação também é um benefício.

Assim sendo, a taxa de administração é um fator decisivo na escolha de um fundo. Agora você já pode escolher o fundo para investir sabendo que taxa de administração pagar.

Fonte: Dinheirama

Bookmark and Share

Fonte: R7

Bookmark and Share

1 – Faça uma lista e defina um orçamento

Fazer uma lista de presentes pode ser muito útil, porque além de te ajudar a se planejar com as compras, também facilita o planejamento do orçamento.

Você pode listar os “presentados” e colocar uma sugestão de presentes para cada um. Assim, você pode separar os grupos por loja ou tipo de loja onde pretende comprar e isso vai poupar tempo e dor de cabeça na hora das compras.

Com a lista, é possível comparar preços e também estipular um orçamento para essas compras. Defina um determinado valor e escolha presentes a partir deste valor, para que você não gaste além do que pode. Você pode também estipular um valor máximo a ser gasto no presente de cada um e somar, para ver se está de acordo com seu orçamento.

2 – Não deixe as compras para o último minuto

É importante também não deixar tudo para a última hora. Geralmente, quem compra com pressa acaba gastando mais ou até pagando um valor mais alto por um produto que normalmente custaria muito menos, afinal na hora da pressa você não tem muita escolha.

Alguns produtos acabam nas lojas e nos últimos dias todo mundo quer comprar presentes, então algumas lojas podem se aproveitar dessa demanda e aumentar os preços. Sendo assim, se não quer gastar demais, planeje e comece suas compras de fim de ano o quanto antes. Não deixe para dois ou três dias antes do Natal.

3 – Aproveite as promoções de fim de ano

Em novembro e dezembro algumas lojas e sites de compras coletivas já começam com as promoções de fim de ano. São descontos bons, em geral, mas é preciso ficar de olho – afinal algumas promoções podem ser enganadoras.

Ao decidir comprar um item em promoção, pesquise o valor em outras lojas para se certificar de que não se trata de uma falsa promoção com um preço muito mais alto e um desconto que deixa o valor do produto igual ao preço do mesmo produto sem promoção em outras lojas.

Seja cautelosa para não cair na tentação de promoções “compre um e leve dois”, afinal nem sempre compensa levar esta quantidade de um mesmo produto e nem sempre fica mais barato comprar desta maneira. Então, fique atenta.

4 – Faça uma pesquisa de preços online

Os sites de pesquisa de preço online também podem ser grandes aliados na hora de planejar e fazer suas compras, sejam elas online ou em lojas físicas. Porém, é interessante ressaltar que em alguns casos o preço do produto online é mais barato que o preço na mesma loja física. Por isso, nem sempre o valor do produto na loja online e na loja física será o mesmo.

Alguns dos sites para comparar preços de produtos no Brasil que podem ser muito úteis para você nas compras de fim de ano são: Buscapé, Bondfaro, Shopping UOL e JáCotei.

5 – Prefira lojas que oferecem frete gratuito

Esta dica é especialmente útil para quem tem parentes e amigos que moram longe e que você deseja presentear mesmo assim. Aproveitar as promoções de frete grátis pode te poupar muito dinheiro nesta época de Natal.

Imagine ter que pagar frete de cinco produtos, cada um com um frete de quinze Reais. Isso já daria o valor de setenta e cinco Reais, o qual você pode muito bem aplicar em outra coisa, poupar ou comprar outro presente. Então, fique atenta à essas promoções.

Em alguns casos, os preços de produto em uma loja são mais baratos que em outra, mas os valores de frete muito caros. Então esse fator deve ser levado em consideração também na hora de fazer os seus cálculos.

Siga as nossas sugestões e assim você vai conseguir diminuir os gastos de fim de ano e consequentemente diminuir a dor de cabeça e aproveitar muito melhor essa época do ano, que deve ser de alegria e descanso com a família e pessoas queridas e não com preocupação a respeito de contas a pagar.

Fonte: Dicas de mulher

Bookmark and Share