Você gosta de presentear as pessoas no Natal mas não concorda com o consumismo exacerbado dessa época? Veja estas quatro sugestões que podem te inspirar:

natal sustentavel

Comidinhas

Todo mundo gosta de comer coisas gostosas! Você pode fazer cookies (biscoitinhos), chocolates, panetones caseiros e outras receitas mais, se você tiver habilidade para isso! Crianças podem ganhar vidros com balas ou bombons, por exemplo. Se você gosta de cozinhar, seu único investimento em dinheiro será com a compra dos ingredientes e das embalagens.

Arte

Se você tem habilidades manuais, pode fazer os seus próprios presentes! Quadros feitos com arte de scrapbooking, que tal? Objetos diversos feitos com decoupáge, roupas ou fofurinhas feitas com tecido, ou arte em mdf pintadas a seu gosto? Você também pode pintar telas, ou presentear um vovô com o desenho emoldurado feito por um neto. Ou que tal um porta-retratos lindo com a foto da família? Existem muitas opções quando se trata de arte.

Brechós

Brinquedos, objetos e roupas podem ser comprados em brechós. Você pode achar meio esquisito dar de presente uma roupa usada, mas dependendo da peça, pode ser um item muito especial e que tenha a cara do presenteado! Uma bolsa vintage, um bom par de óculos, um vestido de época, entre outros! Brinquedos para as crianças podem sair por menos da metade do preço e em qualidade excelente. Outros objetos para casa também podem ser encontrados por um preço baixo, incluindo raridades.

Sebos

Sou muito a favor de presentear as pessoas com livros, pois eu acredito que a leitura muda a vida de todos. Em sebos (lojas de livros usados), você pode encontrar obras bacanas por 1, 5, 10 reais. Se não tiver sebos em sua cidade, você pode comprar pelo site Estante Virtual, que tem sebos de todo o Brasil.

Fonte: Vida Organizada

Bookmark and Share

Quem é que não gosta de ter uma casa aconchegante e bem decorada? Os tapetes são peças que fazem bem esse papel ajudando a dar um toque especial ao lar, mas para mantê-los sempre limpos e bonitos são necessários alguns cuidados, principalmente quando se trata de manchas causadas por acidente.

mancha-tapete1

Muita gente se desespera ao derramar algo no tapete e não sabe como agir para evitar que o estrago da mancha seja ainda maior. E quem tem filhos em casa sabe: não há tapete que resista aos pingos de suco, farelos de alimentos e riscos de canetinha, apenas para citar parte dos males que podem atingir em cheio a peça que os pais tanto gostam. Se a situação soou familiar, saiba que o problema tem solução, mas para isso é preciso agir rápido e tomar algumas medidas para que a mancha não se espalhe ainda mais.

A primeira e mais importante dica é nunca utilizar o aspirador de pó para sugar ou secar a sujeira, pois isso pode aumentar a mancha. O procedimento inicial deve ser sempre retirar a sujeira que ainda permance na superfície utilizando papel toalha ou pano seco. Se a mancha for líquida, pressione com cuidado, absorvendo o excesso, e  evite esfregar para não comprometer ainda mais as fibras do tapete. Agora, se a mancha tiver sido causada por um produto sólido, como chocolate, tente raspar com auxílio de uma espátula ou colher, sempre fazendo movimentos da borda para o centro.

Concluída esta primeira etapa, é importante atentar para o tipo de mancha causada e adotar as medidas necessárias de acordo com cada caso. Para facilitar, separamos abaixo os cinco tipos mais perigosos para o seu tapete.

Urina – Quem tem bichos de estimação como cães e gatos dentro de casa sabe que existe o risco de sujar o tapete.

De acordo com José Carlos Larocca, presidente do Sindilav – Sindicato das Lavanderias do Estado de São Paulo, esta é a mancha mais difícil de ser retirada. “Por ter uma composição ácida, a urina pode causar uma mancha que pode alterar a tonalidade da fibra. O ideal é agir rápido, no momento do acidente”, explica.

O conselho é  passar um pano úmido com uma pequena quantidade de detergente neutro ou tira manchas logo após do processo de retirada do excesso de líquido. Finalize com outro pano, desta vez embebido em álcool, o que pode ajudar a retirar o odor característico.

Vinho – Este tipo de mancha também é uma das mais difíceis, assim como outras substâncias que também possuem pigmentação como café, molho de tomate e catchup. Aplique algumas pedrinhas de gelo sobre o local da mancha e utilize um alvejante sem cloro para finalizar a limpeza, evitando assim que a maciez do tecido seja comprometida

Sangue – Para retirar manchas de sangue, Larocca recomenda também o uso de um produto específico para limpeza de tapetes à base de peróxido de hidrogênio. Aplique uma tampa da solução diluída em cerca de 300 ml de água sobre a mancha, utilizando com um algodão ou escova de cerdas macias para fazer uma leve fricção sobre a área atingida.

Chiclete – A dica para retirar o chiclete que ficou grudado no tapete é bem mais simples do que muita gente imagina. Larocca ensina: “Basta pegar uma pedra de gelo e passar pelo chiclete no tapete”. Assim que ele estiver congelando, se soltará facilmente.

Tinta de caneta – Utilize um pano úmido com álcool sobre a mancha. Se não resolver, aplique uma pequena quantidade de tira manchas, lembrando sempre que tapetes e carpetes necessitam de cuidados especiais por conta de seu tipo de composição e que, por isso, o ideal é utilizar produtos destinados à limpeza desse tipo de peça.

Outras sujeiras também são comuns, como gordura e marcas de sola de sapato. Neste caso vale adotar a receita básica: usar um pano úmido com detergente e alvejante sem cloro. José Carlos Larocca lembra ainda que muitas receitas caseiras incluem o uso de vinagre para retirar o manchado, mas este produto não é recomendado, pois pode provocar o desbotamento das cores do tapete.

Além do cuidado com as manchas, é muito importante realizar uma higienização frequente para deixar os tapetes livres de poeira e outras sujeiras que vão acumulando diariamente. Para a lavagem, utilize um xampu próprio para tapetes e carpetes – que é facilmente encontrado nos mercados. O aspirador é outro grande aliado na manutenção da peça e deve ser utilizado pelo menos duas vezes por semana.

Fonte: Delas

Bookmark and Share

Os consumidores brasileiros vão poder consultar gratuitamente o CNPJ de uma empresa com a qual pretendem fechar negócio na base de dados da Serasa Experian, entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro. O objetivo da iniciativa é evitar que o comprador seja vítima de golpes durante a “Black Friday” – dia em que as lojas prometem oferecer descontos especiais por 24 horas.

black-friday-brasil

De acordo com a companhia, o “VocêConsulta Empresas” fornece informações sobre a situação do CNPJ da empresa, razão social, ocorrência de protestos, cheques sem fundo, ações judiciais, endereço, falências e a existência legal da companhia consultada.
“É uma ferramenta a mais que o consumidor tem para não cair nas ações dos golpistas”, disse, em nota, a superintende de Serviços ao Consumidor, Maria Zanforlin.

O cliente deve acessar o portal do consumidor da Serasa (clique aqui para ser direcionado) e digitar o CNPJ da empresa que quer consultar. A Serasa Experian orienta que é possível localizar o CNPJ no rodapé do site de cada empresa ou nas seções “quem somos” ou “fale conosco”.

Desde maio deste ano, o decreto federal 7.962/13, que regulamenta o Código de Defesa do Consumidor, obriga as lojas virtuais a exibirem em suas páginas na internet dados como nome, endereço e CNPJ. O serviço é gratuito apenas durante o final de semana da Black Friday.

Fonte: G1

Bookmark and Share

O consumidor brasileiro deve comprar e gastar mais com os presentes de Natal este ano na comparação com o ano passado, indica pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) divulgada nesta terça-feira (19).

compras de Natal

O gasto médio por compra deve ser de R$ 111,39, valor 29% superior aos R$ 86,59 de 2012. A quantidade de presentes também será mais generosa: 4,4 por consumidor, ante 4,1 um ano atrás.

A média de gasto com os presentes de Natal em 2013 será de R$ 490,12, sendo que as classes A e B devem gastar cerca de R$ 670,76, contra R$ 413,24 das classes C, D e E. “Apesar da diferença de renda ser alta, a diferença com o gasto médio é relativamente baixa. O Brasil que vai movimentar mesmo o Natal são as classes C, D e E”, disse Roque Pellizzaro Junior, presidente da CNDL, durante coletiva de imprensa realizada em São Paulo.

De acordo com a pesquisa, a renda média bruta mensal por domicílio entre os entrevistados que afirmaram que vão presentear este ano é de R$ 960 nas classes D e E, e chega a R$ 6.540 entre aqueles da classe A.
O otimismo se deve, em parte, ao fato de 57% dos entrevistados terem afirmado que a situação financeira pessoa melhorou de 2012 para cá.

O estudo de Intenção de Compras para o Natal 2013 ouviu mais de 860 consumidores de todas as 27 capitais brasileiras, com mais de 18 anos, de diferentes classes econômicas, entre os dias 23 e 27 de outubro.

De todas as pessoas ouvidas, 67% afirmaram que pretendem presentear parentes e amigos neste Natal, enquanto 15% disseram que não vão dar presentes. Entre estes últimos, 22% alegaram que não vão presentear pois têm que priorizar o pagamento de dívidas. Os 18% restantes dos entrevistados ainda não decidiram se vão presentear.

A intenção de compras é de 76% entre as classes C, D e E, contra 52% entre as classes A e B. Entre as mulheres, 76% afirmarm que irão presentear, contra 58% dos homens.
Quem mais vai abocanhar presentes no Natal serão os filhos, que são citados por 70% dos entrevistados; 47% vão dar algo para o marido ou esposa; e 41% citaram as mães. Só por curiosidade, sogro e sogra aparecem com 7% das respostas.

Produtos
Entre os produtos que o consumidor brasileiro pretende comprar, as roupas lideram, com 73% das respostas. Calçados aparecem na sequência (38%), seguido de perfumes ou outros cosméticos (33%) e jogos e brinquedos em geral (33%).
Em relação aos produtos que a pessoa gostaria de ganhar, 51% declaram computador, notebook ou tablet.

Forma de pagamento
Para 57% dos entrevistados, o dinheiro será a principal forma de pagamento na compra dos presentes, enquanto 16% usarão o cartão de crédito parcelado, 12% o cartão de débito, e 9% o cartão de crédito à vista.
Mais da metade dos entrevistados (51%) pretende utilizar o 13% salário para realizar as compras.

Fonte: G1

Bookmark and Share

Niterói comemora hoje,  22 de novembro,  o seu aniversário de 440 anos. E para comemorar a cidade recebe durante todo o mês de novembro,  eventos de música, teatro, dança, artes plásticas, literatura, em diversos pontos da cidade.

Neste sábado (23), a principal atração é a cantora Maria Rita, que cantará músicas do repertório de sua mãe, Elis Regina, e de Gonzaguinha.

maria_rita
A abertura da apresentação, realizada no palco principal, na Praia de Icaraí, ficará a cargo dos grupos da cidade Brazilian2Wins e Blody Mary & The Munsters.

No domingo (24), o Grupo Flor do Canto celebra seus seis anos de carreira trazendo ao público um repertório especial, que vai de Cartola a Rappa, com arranjos feitos para vozes femininas.

Veja a programação completa
23 ̸11 (sábado) – 18h – Maria Rita
Local: Praia de Icaraí
Entrada Gratuita

24 ̸11 (domingo) – Solar Nobre – 17h – Grupo Flor do Canto – Café da tarde: Culinária Africana
Local: Solar do Jambeiro
Entrada gratuita

23 e 30/11 (sábado) – MAC nas Praças – 10h às 16h
Dia 23 – Parque Palmir Silva – Barreto
Dia 30 – Praça do Largo da Batalha
Entrada Gratuita

Fonte: G1

Bookmark and Share

O governo ajustou nesta quinta-feira (21), por meio de instruções normativas publicadas no “Diário Oficial da União”, o valor de avaliação dos imóveis cujos proprietários poderão buscar crédito para materiais de construção (Fimac) e também para financiamento de imóveis por meio do Pró-Cotista – ambas linhas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

FGTS obra

No fim de setembro, o Conselho Monetário Nacional (CMN) subiu o valor do imóvel que pode ser comprado com recursos do FGTS de R$ 500 mil para até R$ 750 mil para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Para os demais estados, o limite foi elevado para até R$ 650 mil.

Pró-cotista
No caso do Pró-Cotista, que é uma linha de financiamento de imóveis para cotistas do FGTS com juros menores, o limite de crédito subiu. Até o momento, os financiamentos eram limitados a R$ 450 mil por trabalhador, sendo que o valor de avaliação não podia exceder R$ 500 mil. Com as novas regras, o valor de avaliação do imóvel passível de financiamento subiu para até 750 mil em MG, RJ, SP e DF e até R$ 650 mil nos demais estados.

“O valor de financiamento [crédito], compreendendo principal e despesas acessórias, [fica] limitado a 80% do valor de avaliação do imóvel, excetuados os casos de financiamentos que venham a ser contratados com a utilização do Sistema de Amortizações Constantes – SAC, cujo limite é fixado em 90% do valor de avaliação do imóvel”, diz a instrução normativa 35, publicada no Diário Oficial da União desta quinta.

Com isso, caso o trabalhador more no Rio de Janeiro, por exemplo, e utilize o sistema SAC, poderá financiar até R$ 675 mil com as novas regras.

Para buscar o Pró-Cotista, o trabalhador tem de ter, no mínimo, três anos de trabalho sob o regime do FGTS, consecutivos ou não, na mesma empresa ou em empresas diferentes; além de contrato de trabalho ativo (com conta ativa no FGTS). Quem só tem conta inativa, deve ter saldo de FGTS de pelo menos 10% do valor de avaliação do imóvel.

Materiais de construção
Segundo a instrução normativa 34, assinada pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, o valor de financiamento, compreendendo principal e despesas acessórias, na linha para materiais de construção (Fimac) continuou limitado a R$ 20 mil por trabalhador. Também é limitado a 80% do valor de avaliação do imóvel. O limite, neste caso, será o “menor dos dois”, diz a regra.

Entretanto, o valor de avaliação dos imóveis cujos proprietários podem solicitar o crédito subiu de até R$ 500 mil para até R$ 750 mil em MG, RJ, SP e DF. Para os demais estados, o valor de avaliação do imóvel passou para até R$ 650 mil.

Nesta linha de crédito, os juros são de 8,5% sobre o valor financiado, acrescidas da taxa de risco de crédito a favor do agente operador, limitada a 0,8%. O prazo máximo para quitação do débito é de dez anos. O programa admite o financiamento tanto para imóveis urbanos quanto rurais. O dinheiro poderá ser usado para construção, reforma e ampliação de casas, além de instalação de hidrômetros e sistemas de aquecimento solar.

Fonte: Globo.com

Bookmark and Share

Livrar-se dos mosquitos não é tarefa fácil. Faça chuva ou faça sol, lá estão eles sempre atrapalhando a vida de todo mundo. Os repelentes costumam ser a alternativa mais utilizada na luta contra esses pequenos inimigos.

Mas um estudo da Universidade de Duke mostrou que o principal ingrediente de repelentes comerciais deixa mais do que um mau odor. Eles danificam as células do cérebro e podem causar alterações comportamentais, além do risco de interações perigosas com outros medicamentos.

Screen Shot 2013-11-13 at 19.33.05

Um outro estudo mostrou também que até 15% desses repelentes costumam ser absorvidos através da pele e caem diretamente na corrente sangüínea. Entre os efeitos tóxicos causados estão os distúrbios reprodutivos, mutações de material genético e distúrbios do sistema nervoso central.

Por tudo isso, uma alternativa para se ver livre dos mosquitos sem sofrer conseqüências para a saúde a longo prazo, é escolher um repelente natural eficaz. Veja algumas dicas:

1 – Erva do Gato

O Catnip, mais conhecido como Erva do Gato, é uma planta medicinal e aromática. Depois de colhida e seca, é muito utilizada como recheio de brinquedinhos para os felinos. Uma pesquisa da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, concluiu que o óleo essencial encontrado no Catnip erva é cerca de 10 vezes mais eficaz que um repelente tradicional.

2 – Citronela

Muito usada por quem tem filhos pequenos, exatamente por ser natural. A dica é usar somente o óleo essencial puro, e não o óleo da fragrância. Se a ideia é usar o produto diretamente na pele, procure por lojas de produtos naturais. Óleos comprados a granel para a queima não são adequados para aplicação no corpo.

3 – Alho

Se você comer muito alho fresco, seu corpo vai exalar um aroma forte de alho, o qual repele também os mosquitos.

4 – Lavanda

O óleo essencial de lavanda cheira muito bem e é um repelente eficaz, especialmente se diluído em outro óleo como semente de damasco, amêndoa doce ou óleo de coco.

5 – Óleo de semente de Neem ou Nim

De acordo com um estudo do Conselho de Pesquisas dos Estados Unidos esse óleo é mais efetivo que um repelente tradicional. Os resultados foram confirmados por cientistas do Instituto de Malária da Índia, já que o Nim é uma planta que cresce no país.

6 – Óleo de soja

É barato e fácil de encontrar. Além disso, é um ótimo hidratante corporal. Outro benefício, apontado em uma pesquisa citada no Jornal de Medicina da Inglaterra, é que se usado no corpo, há um ingrediente da soja que retarda o crescimento de pêlos. Dê preferência ao óleo de soja orgânica, que não seja geneticamente modificado.

7 – Lótus

É eficaz não só como repelente, mas ajuda também a matar as larvas do mosquito. Como o lótus cresce na água, é uma boa opção como repelente natural em tanques e vasos.

8 – Pimenta Preta

O óleo de pimenta preta, de acordo com pesquisas, é mais uma alternativa eficaz para repelir mosquitos.

Dica geral:

Misture 30 gotas de óleos essenciais de Catnip, Citronela, Lavanda, Neem e Pimenta (sendo seis gotas de cada óleo) em cerca de 30ml de um óleo ou hidratante natural sem perfume. Esfregue um pouco sobre a pele antes de se expor ao ar livre. Outra dica é misturar 30 gotas de óleos essenciais no óleo de soja orgânica para proteção extra. Mas sempre faça um teste na pele pelo menos 24 antes para ter certeza de que você não tem sensibilidade a nenhum dos óleos.

Fonte: Dicas de Mulher

Bookmark and Share

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira (11) que os trabalhadores poderão aplicar até 30% dos recursos depositados em sua conta vinculada do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em um fundo de investimentos em infraestrutura.”O limite da oferta pública para integralização de cotas foi dado pelo Conselho Curador do FGTS. Atualmente, tem-se autorizado o limite de R$ 2 bilhões”, acrescentou a Caixa Econômica Federal.

FGTS

A instituição financeira, entretanto, não informou qual a expectativa de lançamento do novo fundo. Se limitou a dizer que a data de lançamento ainda não pode ser “precisada”.

Acordo com a CVM
Segundo o banco público, o novo fundo será viabilizado por conta de um acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). As negociações com a CVM, acrescentou a Caixa, “tiveram evoluções significativas, de forma que nos aproximamos de termos comuns quanto a formato, constituição de patrimônio e características de risco e retorno”.
A CVM, por sua vez, informou que as interações com a Caixa têm sido “produtivas e que o tema está evoluído”.
“Contudo, em função de sua complexidade, não é possível fazer previsão de quando haverá a edição de regulamentação específica”, acrescentou.

Retorno para o trabalhador
Quando o novo fundo estiver em funcionamento, os trabalhadores poderão buscar rendimentos acima daquele concedido no FGTS, de 3% ao ano mais variação da Taxa Referencial (TR). Entretanto, estarão sujeitos aos riscos do investimento.
Segundo a Caixa, o novo fundo estará sujeito aos “riscos inerentes observados em mercado a esse tipo de aplicação financeira, tais como riscos de crédito e risco de liquidez, que refletirão os riscos dos ativos que comporão a carteira”.

A instituição financeira também não se manifestou sobre o patamar de remuneração esperado para as aplicações dos trabalhadores. Lembrou apenas que o FI-FGTS, criado em 2008 que reúne o saldo conjunto do FGTS, rende TR mais 6% ao ano. Interpelada como será feita a tributação do novo fundo, se limitou a informar que “questões tributárias ainda estão em análise”.

Projetos de infraestrutura
De acordo com a Caixa, os investimentos do FI-FGTS em infraestrutura referem-se a ativos de empresas que se enquadram nos setores energia, rodovia, ferrovia, hidrovia, porto e saneamento, de acordo com as diretrizes, critérios e condições que dispuser o Conselho Curador do FGTS. “Destacamos que, em vista da recente alteração dada pela Lei nº 12873/13, é atualmente possível a realização de investimentos em aeroportos”, finalizou.

Fonte: Globo.com

Bookmark and Share

Como você faz para se refrescar nos dias quentes? Usa roupas leves e bebe muito líquido? Sabia que, assim como nós, os cães precisam de cuidados especiais nos dias ensolarados? Eles sentem muito calor devido o excesso de pelo, e não conseguem suar. Por isso, aprenda algumas dicas para auxiliar o seu melhor amigo nos dias quentes.

cachorro no calor

O mecanismo de sudorese faz com que a temperatura abaixe e pela falta deste sistema os cães ficam com a boca aberta nos dias mais quentes ofegando, ou seja, quanto mais eles ofegarem mais calor está sentindo. Devido a estes fatores, eles podem sentir um calor excessivo, principalmente, quando a temperatura está mais elevada.

Como deixar o seu melhor amigo mais confortável nestes dias?
– A água deve estar sempre fresquinha e deve ser trocada no decorrer do dia.

– Evite levá-lo para passear nos horários mais quentes, porque ele pode queimar as patas. Uma boa alternativa é passear com ele no início ou no fim do dia e em lugares que tenham sombras.

– Não deixe o cachorro preso dentro do carro, mesmo com os vidros abertos. Ele pode passar mal devido o superaquecimento.

– Não coloque focinheiras fechadas para passear. Se tiver que usar, escolha modelos que sejam arejadas e permitam a entrada de ar.

– Se possível, tose o cão para diminuir a pelagem. Neste momento, priorize o bem estar do seu amigo a beleza.

– Se você tem um cão de raça, que é adaptado para o frio (Husky Siberiano, Malamute do Alaska, entre outros), procure ter um ar condicionado em casa ou mesmo um ventilador para atenuar o calor. Isso vai auxiliar a deixar a temperatura ambiente adequada para o cão.

– Verifique se o local que seu cão vive tem sombra para ele.

– Existem cães que adoram nadar e são apaixonados com água por isso cuidado em dias quentes para que eles não pulem na piscina e corram o risco de afogar. Esteja sempre atento e de olho!

– Se você notar que o seu amigo está bastante ofegante, dê um banho frio para abaixar a temperatura. Mas se preferir molhe o corpo dele um pouco para refrescar e diminuir a sensação de calor.

– Assim, se o cão demonstrar alguns sinais que está sentindo calor como, por exemplo, boca aberta e respiração ofegante, deitar em lugares que tenham pisos frios, beber muita água e ficar na sombra, siga essas dicas para tentar diminuir o calor.

Fonte: Cães online

Bookmark and Share

O Salão Estadual de Turismo 2013, que reúne o melhor dos atrativos turísticos, oportunidades de negócios, conhecimento sobre o setor, produção cultural, moda e gastronomia do interior fluminense acontece nos dias 22, 23 e 24 de novembro no Caminho Niemeyer, no Centro de Niterói. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur), produtora do evento, espera receber mais de 50 mil visitantes na terceira edição do salão.

niteroi

Além de possibilitar que milhares de pessoas conheçam os atrativos e produtos turísticos do estado – que incluem desde os destinos mais badalados aos mais novos roteiros do turismo cultural, ecológico, religioso, de aventura, náutico, esportivo e rural – o Salão Estadual do Turismo proporcionará ao público a experiência de conhecer os requintes do artesanato, a tradição folclórica e contemporânea das produções culturais e a gastronomia típica dos 92 municípios do estado.

O objetivo é divulgar as maravilhas do Estado do Rio de Janeiro como destino turístico, reunindo o que há de melhor do turismo fluminense e de outros estados brasileiros.

Na programação, aberta ao público e totalmente gratuita, o visitante ainda encontrará exposição de carros antigos, estande de aventura com escaladas, passeios de saveiro pela Baia de Guanabara e visitas guiadas por todo o Caminho Niemeyer e outros roteiros locais, além de shows e muitas atrações musicais e artísticas.

Durante o encontro haverá, ainda, rodada de negócios, mostra e venda de produtos agrícolas de produção familiar. Serão oferecidas também palestras, minicursos, oficinas e mesas redondas para a apresentação, discussão e qualificação profissional sobre diversos temas do setor.

Segundo Ronald Ázaro, secretário de estado de Turismo, as duas últimas edições do encontro reuniram mais de 100 mil pessoas. Para o prefeito da cidade de Niterói, Rodrigo Neves, o evento será um grande marco para a cidade, já que o município é o segundo destino em fluxo turístico no estado representando, ao lado da capital, importante complexo natural que se soma a um cenário urbano assinado pelo renomado arquiteto Oscar Niemeyer.

A Setur conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Niterói, através da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), e apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária, Sebrae RJ e Universidade Federal Fluminense (UFF), entre outras importantes instituições do setor.

Fonte: O Fluminense

Bookmark and Share