A virada do ano acontece na madrugada de terça (31) para quarta (1º) e alguns estabelecimentos e serviços vão sofrer alterações em seu horário de funcionamento neste fim de semana. Confira abaixo o esquema de funcionamento dos principais serviços no Rio:

final de ano

Correios
De acordo com a assessoria de comunicação dos Correios, as agências próprias e terceirizadas não funcionarão na terça (31) e na quarta (1º).

Bancos
As agências bancárias no estado do Rio não na terça (31) e na quarta (1º). Os caixas eletrônicos funcionam normalmente. As informações são da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Unidades de Saúde
Os hospitais de emergência e unidades 24 horas funcionarão normalmente nos dias 31 e 1º. Já os centros municipais de saúde e as Clínicas da Família ficarão fechados. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 1746, da Prefeitura.

Supermercados
Segundo a Associação de Supermercados do Estado do Rio (Asserj), todos os estabelecimentos ficam fechados na quarta (1º). Na terça (31), as lojas ficam abertas até as 18h, de acordo com a Asserj.

Shoppings
Os shoppings da cidade do Rio de Janeiro e Região Metropolitana vão funcionar em horários diferenciados no fim de ano.

Trens
Segundo a SuperVia, os trens vão funcionar em horários diferenciados durante a virada do ano. Na terça (31), o ramal Santa Cruz funciona com intervalos de aproximadamente 30 minutos. Já o ramal Japeri terá intervalos de aproximadamente 20 minutos. O trecho entre Japeri e Paracambi vai operar com intervalos de cerca de 60 minutos.

Os intervalos de embarque no ramal de Saracuruna serão de 50 minutos no máximo. Vila Inhomirim terá intervalos de aproximadamente duas horas e Guapimirim fará seis viagens. O ramal de Belford Roxo vai operar com intervalos de 30 a 60 minutos.

A integração da SuperVia com o Metrô Rio será realizada exclusivamente através da estação Central. As demais estações operarão somente para desembarque de clientes.

O Teleférico do Alemão, que também é administrado pela SuperVia, funcionará normalmente na terça (31), das 8h às 20h. Na quarta (1º), não haverá operação.

Barcas
A Barcas S/A informou que o serviço de barcas terá funcionamento normal na terça (31) e na quarta (1º). As viagens entre Niterói e a Praça XV serão feitas das 5h30 às 23h30, com barcas a cada meia hora.

Fonte: G1

Bookmark and Share

Reveillón é sinônimo de festa, entre amigos ou em família, mas marcada por um clima diferente do Natal. A celebração vai longe – em muitos casos até o amanhecer e fora de casa.

ceia ano novo

O melhor é não gastar horas em frente ao fogão. A boa notícia é que escolhendo os ingredientes certos, é possível conseguir um banquete de respeito para virada, sem perder muito tempo.

Uma boa forma de economizar é utilizar a sobra de pratos servidos no Natal que podem ser congelados e reinventados uma semana depois. O peru pode virar um salpicão, um assado com molho, um escondidinho ou mesmo um polpetone .

Já o bacalhau pode render bolinhos, casquinhas ou um elegante risoto . Para a sobremesa, o panetone vira a base para cheesecake .

Risotos, aliás, são preparos rápidos (se você tiver o caldo pronto ou usar os industrializados, em cubinhos) e não costumam levar mais de 40 minutos para ficarem prontos, considerando o tempo de picar tudo e cozinhar o arroz como de deve, “al dente”.

Para dar a cara de festa, o importante é usar receitas mais criativas e que levem ingredientes como queijos – além do parmesão de sempre – frutos do mar, frutas e cogumelos. Para equilibrar o prato, que deve ser servido bem quente, invista em saladas bem caprichadas.

O mesmo vale para as massas – incremente as receitas com lula, camarão ou mexilhões (ou todos juntos) e tudo dará certo. Segundo a banqueteira Gislaine Oliveira, os frutos do mar e peixes são, inclusive, os melhores ingredientes para a data quando se quer impressionar cozinhando com rapidez. “O cozimento é rápido e só a aparência deles já é significado de festa e de dia especial”, avalia.

Como não exigem preparos longos, os ingredientes do mar têm outra vantagem: não requerem equipamentos modernos nem potentes para o resultado ficar bom (o que pode ser excelente para quem vai servir a ceia em uma casa de praia ou de campo, que não conta com grandes recursos).

Os peixes podem ainda ser servidos crus ou frios, em preparos frescos e que caem muito bem no calor do fim do ano, como os cubinhos de peixe marinados no limão do Marakuthai ou o carpaccio de salmão do Spadaccino. Tudo simples e delicioso.

Confira 16 receitas para o dia da virada

Entradas e saladas
Carpaccio de salmão
Salada de lentilhas
Salada burrata
Carpaccio de bacalhau com mesclado de folhas e creme azedo de limão siciliano 

Pratos principais
Risoto de uva e shimeji
Risoto com pera e gorgonzola
Risoto de bacalhau
Peru fatiado com molho de shitake e carambola caramelizada
Fettucini Wilker
Filé de linguado no vapor
Escondidinho de peru
Polpettone de peru
Yala (cubinhos de peixe marinado no limão)

Sobremesas
Manjar de tapioca com calda de damascos
Cheesecake de panetone
Pavê bombom 

Bookmark and Share

Após o Natal é comum que os consumidores busquem as lojas para trocas de presentes. O que muitos não sabem é que nem sempre é possível substituir os produtos, exceto quando o bem apresentar algum problema, conforme esclarece o Procon-BA, órgão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

presente natal

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, os estabelecimentos comerciais não são obrigados a trocar produtos que não estejam viciados, ou seja, que não possuírem nenhum tipo de dano ou defeito. Mas, para fidelizar os clientes, muitos lojistas costumam oferecer a opção de troca quando o consumidor fica insatisfeito com o tamanho ou com a cor do produto.

A partir do momento que o consumidor oferece essa opção aos clientes, ele deverá cumprir com o acordado no momento da compra. “O consumidor tem que ficar atento, no entanto, às regras dessas trocas, que podem ser impostas pelo comerciante. A loja pode limitar a troca pelo tamanho e pelo modelo da peça. O consumidor não deve violar a embalagem ou tirar as etiquetas dos produtos que quiser trocar”, alerta a superintendente do Procon, Gracieli Leal.

Recomendações para troca

Para a troca é necessário que o consumidor leve o produto à loja com a nota fiscal ou a etiqueta de troca, que geralmente é anexada. Se a possibilidade de troca de produtos foi informada ao consumidor verbalmente ou em etiquetas, por exemplo, a loja é obrigada a fazer a troca. Caso contrário, haveria um descumprindo da oferta, o que é ilegal, segundo o Código de Defesa do Consumidor. Neste caso, o consumidor pode optar pela troca ou pela devolução do dinheiro.

Caso o produto tenha algum tipo de vício, o fornecedor será obrigado a fazer o conserto ou a troca, mesmo que esses direitos não tenham sido avisados com antecedência. O prazo para o reparo é de até 30 dias, após isso, o consumidor terá direito a troca ou devolução do dinheiro. Se o presente foi adquirido pela internet, o consumidor tem sete dias úteis para desistir da compra. Esse prazo começa a ser contado a partir da data de recebimento do produto.

Fonte: Procon

Bookmark and Share

Bookmark and Share

O Natal se aproxima e já está mais do que na hora de pensar nos preparativos para a ceia. A melhor forma de evitar inconvenientes é, sem dúvida alguma, investir na organização. Agrade os parentes e amigos seguindo 10 dicas simples:

ceia de natal

1) Não deixe de pensar em tudo com antecedência, incluindo a lista de convidados e a preparação dos convites. A confirmação de presença é imprescindível para se saber o número de pessoas, o tipo de recepção e o que será servido;

2) Uma sugestão prática é o serviço de bufê à americana. Assim, todos ficam à vontade e podem se servir em uma mesa central, onde os pratos salgados estão dispostos. As sobremesas devem permanecer em uma segunda mesa. Pratos, talheres e guardanapos ficam na dos convidados ou em uma à parte. Se possível, prepare uma para as crianças, já que não se adaptam muito a esse tipo de jantar;

3) Caso não tenha mesa para todos, é importante providenciar apoio de colo e/ou bandejas de colo;

4) Por tradição, a ceia é servida à meia-noite, mas nada impede que você mude o horário ou ainda conte com uma mesa de petiscos com frios, frutas secas, frutas oleaginosas;

5) As bebidas podem ficar na cozinha e serem servidas por garçons contratados (se possível). Na hora de comprá-las, deve-se levar em consideração o número de adultos que ingerem álcool e os que não (incluindo as crianças). A partir disso, adquira pelo menos três tipos de bebidas alcoólicas (cerveja, vinho e champanhe), além de refrigerante, suco e água (gaseificada e natural), aproximadamente 500 ml por convidado (refrigerante e/ou suco);

6) Em relação a pratos quentes, calcula-se cerca de 550 g por pessoa, sendo que crianças comem menos e, alguns adultos, mais. Dois perus de 5 kg cada um, servem, por exemplo, aproximadamente 24 pessoas. Cuidado com receitas muito exóticas, pois podem não agradar a todos os paladares;

7) Faça uma lista para não se perder na organização, incluindo a programação do horário de preparo dos pratos natalinos, principalmente porque alguns demoram a ficar prontos e devem ser temperados com até dois dias de antecedência;

8) Reserve um espaço especial para que as crianças brinquem à vontade;

9) Faça uma coletânea com músicas natalinas e também com as suas preferidas (seja eclético para agradar a todos);

10) Decore sua casa com motivos de Natal, sem se esquecer de uma grande árvore para acomodar todos os presentes. Presenteie cada família com algo especial como forma de agradecimento pela presença.

Fonte: Terra

Bookmark and Share

Que as plantas fazem bem à saúde e dão vida a qualquer ambiente, não há dúvidas. Mas se você tem cães e gatos em casa, preste atenção ao assunto de hoje no Universo Jatobá: muitas delas podem gerar intoxicações nos bichinhos. “Como eles são curiosos e não dispensam brincadeiras, às vezes acabam ingerindo o que não devem. Em alguns casos, os sintomas são confundidos com doenças infecciosas, mas é muito comum as plantas estarem por trás desses quadros de mal-estar generalizado nos pets”, alerta a médica veterinária Karina Mussolino, da Pet Center Marginal, em São Paulo.

plantas toxicas cachorro

O recomendado é prestar atenção aos sinais, como vômitos, manifestações da pele (coceira, manchas), salivação em excesso, dor abdominal, falta de apetite, inchaço nos olhos e na boca, sonolência, agitação extrema, diarreia, dificuldade para respirar (animal fica ofegante), alterações dos batimentos cardíacos, convulsões e até hemorragias. “A intoxicação, dependendo da quantidade de planta ingerida e do tamanho do paciente, pode até matar”, alerta.

Segundo a especialista, a atenção deve ser maior com os filhotes que, por serem mais curiosos, costumam ser as principais vítimas. Mas o que faz o animal comer plantas? Além de achar que se trata de um brinquedo, há casos de pets que comem flores e plantas para matar a sede, a fome ou simplesmente porque estão entediados.

Confira uma lista de plantas podem causar problemas para a saúde de cães e gatos:

Aloe Vera (Babosa)
Alamanda (Roxa)
Azaleia
Bico-de-papagaio
Chapéu de Napoleão.
Cambará.
Comigo-ninguém-pode
Copo-de-leite
Coroa de cristo
Dedo-do-Diabo
Erva-de-rato
Espirradeira
Flor das Almas
Mamona
Olho-de-Cabra
Onze-horas
Pinhão-roxo
Saia branca
Samambaia
Sangue-de-boi
Tulipa
Unha-de-gato
Vernônia

“Em caso de suspeita, não se deve induzir o vômito, nem dar leite ou água. O ideal é procurar auxílio do veterinário o quanto antes possível para não complicar o caso. É importante observar se há restos de plantas nos dejetos dos animais”, aconselha.

Fonte: Delas

Bookmark and Share

BRASÍLIA – A falta de recursos no caixa do Tesouro para pagar as empresas de energia que aceitaram renovar as concessões antecipadamente poderá significar um aumento da conta de luz do consumidor em 2014.

aumento luz

A estimativa, segundo uma fonte do governo, é que será necessário um reajuste médio de cerca de 20% na tarifa de energia, quase o mesmo percentual da redução deste ano. A fonte revelou que o rombo é de quase R$ 7 bilhões. Se forem considerados os valores previstos para o próximo ano, o déficit deverá atingir R$ 18 bilhões.

Uma das propostas feitas pelo Tesouro à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para reduzir o rombo foi adiar a liquidação do mercado de energia, feita mensalmente. Mas, segundo a fonte, a proposta não foi aceita, porque poderia quebrar o mercado. Para fazer a liquidação na CCEE, são desembolsados entre R$ 1 bilhão a R$ 2 bilhões mensalmente pelo Tesouro.

O Tesouro não tem mais recursos suficientes de fundos setoriais. Até maio, o saldo da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), utilizada para custear entre outras o uso das usinas termelétricas, era de apenas R$ 218,1 milhões.

O governo autorizou o uso da CDE, administrada pela Eletrobras para cobrir o custo adicional das distribuidoras com o acionamento das usinas térmicas emergenciais por causa da seca deste ano.

Ela também compensa o impacto financeiro sobre as distribuidoras pela não adesão da Cemig (MG), Cesp (SP) e Copel (PR) à prorrogação dos contratos de concessão. Por causa disso, as empresas ficaram com menos contratos de compra de energia de longo prazo, que são mais baratos, e tiveram que adquirir a energia mais cara, no mercado a curto prazo.

Uma fonte do mercado disse que um problema adicional do Tesouro é que ele não tem condições legais para repassar novos recursos da União para as empresas. Segundo ela, será necessário encontrar uma saída jurídica, porque a legislação impede que no mesmo ano ele edite uma nova MP sobre o mesmo assunto.

Fonte: O Globo

Bookmark and Share

Final do ano é época de celebração e isso também é uma regra na vida profissional. Mas algumas dicas são importantes para não cometer excessos nas comemorações corporativas. Fique ligado:

festa empresa

– Procure chegar no horário marcado para o início da festa Os famosos quinze minutos de tolerância são permitidos, mas não vá muito além. Os atrasos deixam os organizadores ansiosos e são sinais de pouco caso. Pior ainda se você é o chefe da equipe.

– Na hora comer seja discreta (o). Espere as pessoas hierarquicamente superiores servirem-se na sua frente.

– Seja agradável e procure falar de amenidades. Falar mal de chefes e colegas, bem como criticar a organização nesta circunstância, é expressamente proibido.

– Evite contar estórias catastróficas e ficar falando de doenças. Em dias de festa as pessoas não querem falar destes assuntos e você poderá se tornar desagradável.

– Se você não é acostumada (o) a tomar bebida alcoólica, não vá escolher justamente a festa de fim de ano da empresa para experimentar. Isto poderá lhe render uma bruta ressaca psicológica (que é pior que a ressaca da bebida!).

– Cuidado com a roupa! Mesmo que aquele colega maravilhoso que você paquerou o ano inteiro for presença confirmada, lembre-se que todos os chefes, diretores e colegas também estarão por lá. Procure um visual alegre e principalmente que valorize seu estilo, mas que seja também adequado na cor, comprimento, transparência, etc.

– Festas de final de ano são sempre uma ótima oportunidade pra você melhorar seu network. Não perca esta chance comportando-se como se estivesse na última festa da sua vida. Mesmo sendo dia festa você está no ambiente do seu trabalho.

Fonte: RH Portal

Bookmark and Share

A Caixa Econômica Federal informou nesta segunda-feira (9) que lançou ferramenta para gerar e visualizar extratos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos últimos 25 anos pela internet.

caixa1

A nova ferramenta, diz a Caixa, permite consultar o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS na Caixa – ou seja, desde início dos anos 1990.

Antes, o trabalhador podia obter, pela internet, apenas os últimos seis registros. Além do “extrato completo”, o trabalhador encontrará os serviços como atualização de endereço, extrato por e-mail e serviços no celular.

O serviço eletrônico “Extrato Completo” já está disponível nos endereços: www.caixa.gov.brwww.fgts.gov.br.

A Caixa diz que o trabalhador deverá cadastrar senha para acessos às informações, informando o PIS e aceitando o “Termo de Cadastramento”.

Fonte: G1

Bookmark and Share

Com a chegada do período das férias escolares as crianças reclamam que ficam sozinhas em casa, longe dos amigos, porque os pais têm que trabalhar e não dá para viajar durante os dois meses sem aula.

Nessas condições, os pais devem organizar atividades para que as férias se tornem prazerosas para seus filhos, mesmo não tendo viajado.

FeriasEscolares

Para isso, é bom manter os contatos sociais tanto com pessoas da família como avós, primos e tios, para que as crianças possam visitá-los em alguns dias. Na casa dos avós, por exemplo, podem combinar de encontrar os primos da mesma faixa etária, passando o dia todo por lá. Para visitar os primos é necessário deixar uma pessoa para cuidar das crianças, bem como fazer passeios com os mesmos, como: ir a um parque de diversões, ao cinema, a clubes, a zoológicos, dentre outros.

Manter contato com os colegas de escola também é uma forma agradável de divertir as crianças nas férias. Estes podem se distrair pra valer passando um dia na casa do outro e vice-versa. Combinar passeios também será uma forma atrativa de mantê-los unidos durante o período das aulas, pois as amizades tornam-se mais solidificadas.

Convidar amigos, sempre fazendo um rodízio dos mesmos, pode manter seus filhos ocupados por todo o período de férias. Quem sabe propor que fiquem para dormir para fazerem uma noite do pijama? Nesta pode-se realizar um desfile de pijamas, concurso de piadas e da brincadeira “o que é, o que é”, além de arrebentar uma baciada de pipocas para assistirem um bom filme.

É bom lembrar que nos finais de semana os passeios e diversões devem ficar por conta dos pais, para que os pequenos não se sintam abandonados e sozinhos. Programem atividades que a família possa interagir junta, como: pic-nic, passeios ao parque de diversão, zoológico, trilhas e caminhadas ecológicas, a praias, clubes, onde possam jogar bola, frescobol e tomar aquele sorvete.
Em dias de chuva os filmes e vídeo games também podem ser aproveitados, para que as crianças não fiquem sem ter o que fazer.

Os shoppings são uma boa forma de se divertir, pois lá é possível fazer um bom lanche, ir ao cinema, brincar em jogos de fliperama e fazer algumas comprinhas. Algumas livrarias agendam momentos de contação de histórias, com fantoches, livros atrativos e até personagens caracterizados. É uma atividade divertida e de muito conteúdo, uma vez que incentiva as crianças a terem interesse pela leitura e sentir atração pelos livros.

Nos jornais de circulação local também são oferecidas atividades como colônia de férias, shows gratuitos, cantatas de natal, que também são consideradas ótimas atividades para as férias.

O importante mesmo é a família se organizar para que tudo corra na mais tranqüila ordem, para atender os filhos que merecem um descanso de qualidade.

Fonte: Brasil Escola

Bookmark and Share