Pintar a parede e o teto, apesar de bagunçar um pouco a casa por alguns dias, não é um bicho de sete cabeças. Se a grana estiver curta para contratar um pintor, o jeito é arregaçar as mangas e sair pintando!

tinta

Como pintar parede: detalhes importantes

É preciso ficar atenta às irregularidades do ambiente. Focos de umidade precisam ser eliminados antes da pintura. A sugestão é utilizar produtos antimofo para acabar com a concentração e, depois de solucionado o problema, lixar a parede para retirar o que estiver descascando. Depois, basta aplicar massa corrida e lixar novamente para nivelar.

As rachaduras também podem ser consertadas com massa corrida.

Lista de materiais

Confira os materiais necessários para a pintura: lixa n° 150, lona plástica, fita-crepe, rolo de pintura, caçamba para tinta, tinta, pincel, massa corrida, gesso, misturador, trincha e espátula.

Quantidade de tinta necessária

Antes de comprar, alguns cálculos precisam ser realizados. É importante medir o comprimento da parede e multiplique pelo pé direito, que corresponde à altura do chão ao teto. Depois multiplique o valor por três, que é o número médio de demãos.

As latas de tintas costumam indicar a área que cobrem, portanto é importante também observar o que diz o fabricante. “Outra dica é testar a tinta em uma área menor antes de comprar em grande quantidade, pois em alguns casos o efeito é diferente do catálogo,” completo.

Na hora de escolher o acabamento, o dono do imóvel pode escolher entre o fosco, brilhante e acetinado. A arquiteta dá a dica para saber qual é o mais indicado de acordo com o efeito desejado: “o primeiro disfarça imperfeições, o brilhante impregna menos sujeira, enquanto o acetinado brilha menos, esconde falhas, mas tem preço menos acessível”, resume.

Como preparar o ambiente

Antes de iniciar a pintura é preciso remover as tomadas, interruptores e outros acessórios de parede. Além disso, é preciso retirar ou cobrir os móveis, espalhar jornais pelo chão e utilize a caçamba de tinta para o contato com o rolo.

Segundo a arquiteta, o ideal é aplicar a tinta seguindo a ordem dos cantos, teto e parede. Utilize o pincel para pintar horizontalmente rente ao teto ou abaixo da faixa de gesso, se for o caso, e também rente ao batente de portas e janelas. Depois pinte o teto e o resto da parede, esta na vertical, de cima para baixo. Em média, três demãos são suficientes para uma cobertura homogênea.

Fonte: Bolsa de Mulher

Bookmark and Share

Bookmark and Share

O uso de aromatizantes industrializados na forma de aerossóis é nocivo à saúde e ao meio ambiente porque eles contêm substâncias tóxicas, como benzeno, formaldeído e outros compostos orgânicos voláteis, conhecidos como VOCs.

Para evitar o contato com esses produtos, experimente fazer purificadores de ar naturais, feitos a base de ingredientes simples e acessíveis. Acompanhe aqui algumas receitas.

Potpourri apimentado - coloque cerca de trinta gramas de pau de canela, duas pequenas medidas com cravo e pimenta da Jamaica em um saco com fecho dentado. Depois disso, dê uma boa mexida no saco para misturar os ingredientes. Em seguida, retire uma colher de chá do conteúdo da mistura, coloque-a num copo com água e despeje tudo em uma panela. Acenda o fogo baixo e em poucos minutos um aroma delicioso se espalhará pela casa;

Extrato de baunilha - misture algumas gotas de extrato de baunilha em uma xícara com água. Coloque essa mistura em um borrifador e use-o para dissipar os odores desagradáveis em qualquer lugar da casa;

O clássico vinagre - se o seu quarto não tem um cheiro tão bom, tente encher uma pequena tigela com vinagre e deixe-a no meio do aposento. O vinagre ajuda a absorver qualquer mau cheiro que estiver no ambiente.

Lavandas secas - preencha pequenos sacos (que tenham furos) com ramos de lavanda seca e coloque-os em seu banheiro, armários e gavetas. Os saquinhos de chá vazios possuem a mesma utilidade (veja mais aqui sobre como reutilizar os saquinhos do chá).

Maçã e gengibre - reúna fatias de gengibre, suco de limão e um punhado grande de cascas de maçã. Separados esses ingredientes, leve-os a uma panela e cubra-os com água. Após isso, aqueça em fogo alto até que a água comece a ferver. Em seguida, abaixe o fogo e espere toda a água evaporar. Com isso, você terá um aroma agradável em sua casa.

Fonte: Vida Organizada

Bookmark and Share

Se você também pensa que fazer uma festa infantil bonita,boa e barata é difícil, esqueça! Mesmo que os detalhes da festa,encareçam e muito no valor final, é possível conseguir com alguns improvisos uma festa inesquecível, gastando menos de R$1000.
Confira as dicas:

Lista de convidados:
Comece reduzindo a lista.Para a festa ficar bem pessoal e íntima, convide apenas as pessoas que tem contato com seu filho, ou tiveram contato com a mãe na gestação. Sendo assim,os parentes mais chegados, amigos e etc. Mas nada de chamar as pessoas por “educação”, tipo aquele parente distante que você mal fala. O que encarece a festa é o número de convidados, quanto mais convidados, mais caro ficará.

Escolhendo o tema:
Quanto mais inovador for o tema,mas dificil será achar os itens para compor a decoração. Porém é possivel personalizar a festa inteirinha com um tema não muito comum.Dê asas a imaginação e pesquise um tema que quase ninguém escolhe ou conhece, assim a festa ficará a “cara” do aniversariante. Se não quiser escolher tema, invista na mistura inusitada de cores, assim a festa será única.

Convite:
Se a festa for bem simples, você pode chamar os convidados por telefone ou pessoalmente. Mas se quiser fazer convite, pode elaborar um modelo em casa no computador, ou encomendar a arte com alguém e mandar imprimir na gráfica.Pode ainda mandar o “convite” via e-mail.

Local:
Para gastar menos o ideal é que a festa seja feita em casa.Ou talvez em algum sítio de parente, salão da igreja,etc. Mas se você dispõe de um capital,pode alugar um salão simples ou até mesmo salões com ar condicionado, brinquedos e tudo que tem direito.Veja se o salão dispõe de fogão, freezer, e as cadeiras dos convidados.

Decoração:
Depois de decidir o número de convidados, o que mais preocupa é a questão da decoração. Hoje em dia as decorações estão muito mais pessoais e minimalistas,sem exageros, esculturas e pano pra tudo que é lado. O painel com desenho foi substituído por parede de bolas e muitas das vezes apenas um tecido na cor da festa já fica clean e funcional.As mesas antes super luxuosas, deram lugar a mesas clean, ou provençais, que muita das vezes a pessoa pode ter em casa.Se não tiver a mesa, existem vários lugares que alugam por cerca de R$70,00 cada mesa.

Painel:
O painel comum com desenho do personagem, está cada vez mais obsoleto, até porque hoje em dia as festas estão cada vez mais originais, fugindo dos temas convencionais. O painel pode ser um paredão de bolas, que fica bem mais barato se você mesma fizer. Ou um painel de pds,onde se encontra a tela pronta para alugar  e é só encaixar as bolas nos espaços. Tem também o painel de tecido , ou até mesmo um simples varal com o nome da criança, ou com o dizer: feliz aniversario.Outra opção é usar balões gigantes, que podem até serem cheios com gás hélio,fica super diferente e inovador ou painel com as fotos do aniversariante.
Se a grana tá curta, fica legal também improvisar o fundo com pom pom de papel seda, ou comprar em lojas que vendem plantas articiais.

Comes e bebes:
Se você dispõe de money para contratar um buffet, ótimo! Se não terá que contratar tudo a parte, sai mais em conta sim, mas dá trabalho. Comece cotando o preço do salgadinho, ou lanchinhos se assim for melhor fazer. Geralmente o cento do salgado sai a R$20,00, você pode ainda contratar um trenzinho de lanches, que pode sair por R$400 com 400 lanchinhos de forno.
Também existem buffets que oferecem rodízio de pizza ou crepe, sendo que o valor será por pessoa (cerca de R$22,00 a R$35,00)
Se for fazer tudo a parte,o importante é calcular a quantidade por pessoa.
Importante: contrate um garçom a cada 25 pessoas, vai por mim,por mais que a festa seja em casa e íntima, na hora nunca aparece ninguem disposto a servir .É ideal também contratar uma copeira para encher os copos com refrigerante e uma fritadeira.
Os refrigerantes podem ser comprados em depósitos, costuma ser bem em conta , no local verifique se há freezer para armazenar os refris, caso contrário terá que comprar o gelo.

Bolo:
Você poderá fazer um bolo fake para decorar a mesa, e um bolo de corte que é mais simples e sai mais em conta, para distribuir para os convidados.

Brinquedos:
Se a festa terá mais de 5 convidados menores de 5 anos, é bom investir no aluguel de algum brinquedo para a diversão e distração das mesmas.Os mais usados são piscina de bolinhas (aluguel R$90,00) e pula-pula (aluguel R$150). Se a festa for num sítio dá pra forrar a grama com um tecido e colocar massinha de modelar, lápis, papel, ou mesinhas pequenas para as crianças com lego, e kits de pintura.

Fotografia:
É importante contratar um bom serviço de fotografia se você quiser guardar a recordação desse momento para sempre.
Atualmente o serviço de fotografia digital é pago pelas fotos digitais tratadas no cd (são tiradas cerca de 300 fotos), ou se o cliente escolher um fotolivro com as melhores fotos, por aqui no Rio esse serviço fica em torno de R$250 a R$900,dependendo do fotógrafo.

Não esqueça da roupa do aniversariante, da vela, e voilá é só partir pra comemoração da data querida.

Fonte: Agente especial mamãe

Bookmark and Share

Bookmark and Share

A grande justificativa das pessoas que dizem que “precisam” das sacolinhas é a embalagem do lixo. Tudo bem, não dá mesmo pra não colocar lixo em saco plástico, mas será que não dá pra diminuir a quantidade de plástico no lixo? Melhor do que encher diversos saquinhos plásticos ao longo de uma semana é usar um único saco plástico dentro de uma lixeira grande na área de serviço, por exemplo, e ir enchendo-o por alguns dias com os pequenos lixinhos da casa (da pia, do banheiro, do escritório).

Se o lixo é limpo, como de escritório (papel de fax, pedaços de durex, etc), pode ir direto para a lixeira sem proteção. No caso dos lixinhos da pia e do banheiro (absorventes, fio dental, cotonetes), o melhor substituto da sacolinha é o saquinho de jornal. Ele mantém a lixeira limpa, facilita na hora de retirar o lixo e é facílimo de fazer. Leva 20 segundos. A idéia veio do origami, que ensina essa dobradura como um copo. Em tamanho aumentado, feito de folhas de jornal, o copo cabe perfeitamente na maioria dos lixinhos de pia e banheiro que existem por aí.

Continue lendo…

Bookmark and Share

Bookmark and Share

Ambientes fresquinhos são os mais disputados nos dias quentes, mas é preciso atenção para mantê-los saudáveis. “O aparelho deve ser higienizado com frequência, pois a sujeira é a maior desencadeadora de doenças respiratórias”, alerta Ricardo Milinavicius, diretor da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT).

Para a correta manutenção é necessário limpar filtros e dutos internos. “É neles que os micro-organismos (ácaros e bactérias) e resquícios de água ficam alojados”, diz o pneumologista.

Um dos sintomas da falta de cuidados é a diminuição do rendimento do condicionador, que não consegue resfriar o ambiente. “O odor desagradável e o aumento do consumo de energia sem motivo aparente também são sinais de que alguma coisa está errada”, afirma Ramaciotti Eulógio Ramaciotti, engenheiro da STR Ar-Condicionado.

Como limpar
A atitude mais indicada pelos fabricantes para evitar esses problemas é a manutenção preventiva (lavagem do filtro), que deve ser realizada a cada dois meses. “Esse procedimento é simples e pode ser feito pelo próprio morador”, explica Marcelo Braz, engenheiro da Komeco.

Basta retirar o filtro de ar, utilizado para a retenção da poeira grossa, e remover as impurezas com água corrente e sabão neutro. Antes de recolocá-lo, certifique-se de que a peça está totalmente seca.

Já para a higienização anual dos dutos é preciso contratar mão-de-obra especializada, pois o equipamento é levado para a oficina para passar por um processo de assepsia interna desenvolvida com produtos químicos.

Fonte: Delas

Bookmark and Share

1. Preste atenção na maneira como você faz uso da água. As pequenas coisas podem fazer uma grande diferença. Toda vez que você fechar a torneira enquanto estiver escovando os dentes, estará fazendo algo bom. Tem um vaso sanitário com vazamento? Você pode desperdiçar até 756 litros de água por dia. Tente beber água de torneira em vez de água engarrafada, assim, você não estará desperdiçando todas aquelas embalagens também. Lave suas roupas em água fria quando puder.

2. Deixe seu carro em casa. Se você conseguir ficar sem carro apenas duas vezes por semana, reduzirá as emissões de gases estufa em uma média de 720 Kg por ano. Aproveite as saídas para realização de pequenas tarefas como ir ao correio, a mercearia e ao sapateiro de uma única vez. Isso fará com que você economize gasolina e tempo. Você também pode aderir ao dia mundial sem carro, para mostrar a importância disso.

3. Vá caminhando ou vá de bicicleta até o trabalho, à escola e a qualquer lugar que puder. Você pode reduzir a emissão de gases estufa enquanto queima algumas calorias, além de melhorar sua saúde. Se você não consegue caminhar nem andar de bicicleta, use veículos de transporte de massa ou faça uma viagem em grupo, em um carro particular, para o local de trabalho ou estudo. Cada carro que não estiver nas ruas faz diferença.

4. Recicle. Você pode ajudar a reduzir a poluição simplesmente jogando aquela lata de refrigerante em uma lixeira diferente. Se você estiver tentando escolher entre dois produtos, opte por aquele com menos embalagem. Se um prédio de escritórios com 7.000 trabalhadores, reciclasse todos seus refugos de papel de escritório durante um ano, seria o equivalente a tirar quase 400 carros das ruas.

5. Adubo. Pense no quanto de lixo você faz em um ano. Reduzir a quantidade de dejetos sólidos que você produz em um ano significa ocupar menos espaço em áreas usadas como depósito de lixo, de modo que seu dinheiro gasto em impostos pode ser utilizado em alguma outra área. Além disso, a compostagem é um ótimo fertilizante natural. Compostagem é mais fácil do que você pensa.

6. Troque suas lâmpadas. Lâmpadas compactas fluorescentes (CFLs) duram 10 vezes mais do que uma lâmpada padrão e utilizam pelo menos dois terços a menos de energia. Se você estiver fazendo compras de novos utensílios domésticos ou até mesmo aparelhos eletrônicos de uso doméstico, procure produtos que atendam às diretrizes da EPA e do Departamento de Energia dos Estados Unidos em relação à eficácia em termos de energia.

7. Torne seu lar mais eficiente em termos de energia  e economize dinheiro. Limpe seus filtros de ar, de modo que seu sistema não tenha de trabalhar em tempo adicional. Obtenha um termostato programável, de modo que você não esteja desperdiçando energia quando não estiver em casa. Quando for dormir, reduza a regulagem do termostato – você não sentirá falta daqueles graus extras de calor ou de ar condicionado enquanto estiver dormindo.

8. Faça a manutenção de seu carro. Pneus não cheios diminuem a economia de combustível em até 3% e levam a um aumento de poluição e maiores emissões de gases estufa . O fato de não estarem cheios também aumenta o desgaste do pneu, de modo que você economizará dinheiro a longo prazo se fizer a verificação da pressão do pneu. Você também pode optar pelo motor flex e usar o etanol ao invés da gasolina.

9. Dirija de modo mais inteligente. Diminua a velocidade – dirigir a cerca de 90 km/h em vez de 110 km/h na rodovia proporciona uma economia de até 6 quilômetros a cada 3,5 litros. Acelerar e freiar de forma muito abrupta pode, na verdade, reduzir sua economia de combustível; deste modo, pegue leve nos freios e no acelerador.

10. Desligue as luzes quando não estiver na sala e tire da tomada os fios dos utensílios domésticos quando não estiverem sendo utilizados. Leva apenas um segundo para ficar consciente em relação ao meio ambiente.

Fonte: Hot Stuff Works

Bookmark and Share

Bookmark and Share