Bookmark and Share

A concessionária Barcas S/A vai operar com horários especiais nos dias 1 e 2 de novembro, véspera e feriado de Finados.

Na segunda-feira, dia 1°, nos períodos entre 6h e 10h e entre 16h e 20h, os intervalos da linha Praça XV-Niterói-Praça XV serão de 20 minutos. Nos demais horários, as saídas serão a cada 30 minutos. A linha Charitas-Praça XV funcionará nos horários de rush com intervalos de 13 a 20 minutos. Fora do rush, como de costume, os intervalos são de 50 minutos.

Na terça-feira, dia 2, conforme previsto nos quadros de horário, na linha Praça XV-Niterói-Praça XV as saídas serão a cada 30 minutos.

A linha de Charitas não funcionará no feriado.

Fonte: Bairros.com

Bookmark and Share

A advogada Gisela teve que se disciplinar a fazer metas de consumo para não gastar dinheiro demais em promoções pela internet. Oswaldo montou uma planilha eletrônica especialmente para não esquecer os prazos dos muitos serviços que compra na rede para ele e para a esposa.

A fonoaudióloga Camila, tradicionalmente avessa às compras online, superou o receio depois da indicação de amigos e agora adquire tratamentos estéticos em salões que só viu em anúncios virtuais.

Todos eles descobriram um estilo de compras que faz sucesso nos Estados Unidos desde 2008 e só recentemente chegou ao Brasil: os sites de compra coletiva, em que empresas anunciam ofertas diárias com descontos de 50% a 90% em serviços como salões de beleza, teatros e spas, para serem vendidas a um número mínimo de pessoas em apenas 24 horas.

Continue lendo….

Bookmark and Share

Mais de 75% das famílias brasileiras dizem ter pelo menos alguma dificuldade de fazer a renda “‘chegar ao fim do mês”. De acordo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 17,9% têm muita dificuldade em chegar ao fim do mês.

Na outra ponta, cerca de 25% das famílias relataram ter algum grau de facilidade para alcançar o mesmo objetivo, segundo informações da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF).

Continue lendo….

Bookmark and Share

alegria

Parece que o ditado “mente vazia é oficina do diabo” tem um fundo de verdade. Uma pesquisa realizada na Universidade de Chicago, Estados Unidos, mostrou que manter a mente ocupada em uma tarefa afasta as emoções negativas.

Porém, as experiências feitas pelos cientistas com estudantes mostrou que as pessoas tendem a fazer o contrário, permanecer ociosas e desocupadas. O estudo foi divulgado na revista científica Psychological Science.

Para realizar o estudo, coordenado pelo pesquisador Christopher K. Hsee, voluntários preenchiam um levantamento e, em seguida, esperavam 15 minutos antes de fazer o próximo. Eles poderiam deixar a avaliação em um lugar perto ou em outro distante, onde andavam se ocupando por um tempo.

Depois de esperar os 15 minutos, eles entregavam a avaliação e ganhavam um doce. Cientistas descobriram que aqueles que preferiram se manter ocupado caminhando pelo local mais distante estavam mais felizes ao entregar o levantamento.

Como era de se esperar, nem todos optaram ir até o local mais distante. Quando os doces oferecidos eram os mesmos, as pessoas eram mais propensas a permanecer ociosas. Mas, quando os doces oferecidos eram diferentes, os voluntários caminhavam até o local mais distante.

Segundo os pesquisadores, nesse caso, eles tinham uma justificativa para manter-se ocupados.

Os cientistas acreditam que as pessoas gostam de ser ocupadas, mas com justificativa. Assim, a dica da felicidade dos pesquisadores é: faça alguma coisa todo dia, nem que seja inútil. Mas nada de se atolar de trabalho.

Fonte: Yahoo

Bookmark and Share

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) teve variação de 0,62% em julho, segundo informou nesta terça-feira (27) a Fundação Getulio Vargas. No mês anterior, a taxa registrada havia sido de 1,77%.

No ano, o índice acumula variação de 5,95% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 6,57%. O índice relativo a gastos com materiais, equipamentos e serviços registrou variação de 0,48%. No mês anterior, a taxa havia sido de 1,02%. No índice relacionada a mão de obra, a variação registrada foi de 0,77%. No mês de junho, a taxa foi de 2,59%.

Continue lendo….

Bookmark and Share

O Brasil é o 12º país mais feliz do mundo, segundo uma pesquisa Gallup feita pela revista Forbes em 155 países e publicada na semana passada.

O ranking tem a Dinamarca como líder, seguida de Finlândia, Noruega, Suécia e Holanda.

Ele foi feito a partir de entrevistas realizadas entre 2005 e 2009.

As perguntas, segundo a revista, levavam os entrevistados a avaliar sua satisfação geral com suas vidas.

Depois, fazia perguntas específicas a respeito do passado recente. As perguntas levavam a classificar os entrevistados em três graus de satisfação, indo da felicidade ao sofrimento.

No Brasil, 58% dos entrevistas disseram-se felizes, 40% disseram estar ‘na batalha’ e apenas 2% disseram estar sofrendo. A ‘nota geral’ ficou em 7,5. O país ficou empatado com o Panamá e logo à frente dos Estados Unidos.

Continue lendo….

Bookmark and Share

Cinco meses após a entrada em vigor da nova Lei do Inquilinato, proprietários de imóveis ainda sofrem com os maus pagadores. A medida, que prometia acelerar o despejo dos locatários inadimplentes, ainda não corresponde a todas as expectativas do setor.

Uma das mudanças mais esperadas, a que determina que os locatários inadimplentes deixem os imóveis em menos tempo – cerca de 15 dias –  não pode ser aplicada em todas as situações. Para que isso seja possível, o locador deve entrar na Justiça com um pedido de liminar . E é nessa hora que a frustração pode chegar.

Isso porque não são todas as situações que dão esse direito ao locador. A lei prevê que a liminar seja solicitada apenas no caso de o locador não ter pedido qualquer garantia ao seu inquilino antes de alugar o imóvel.

Leia a matéria completa….

Bookmark and Share

A nossa forma de gastar dinheiro mudou bastante na saúde, na alimentação, na moradia. Pesquisa do IBGE acompanhou 60 mil famílias durante dois anos para ver como eles gastam dinheiro.

Na média, há alta de 6% nos gastos com saúde, mas as famílias idosas gastam mais. O plano de saúde fica mais caro e os remédios também. Para esse segmento, as despesas com saúde são mais pesadas.

carteira_vazia

Há outros dados muito interessantes na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF). O IBGE comparou com outra feita há 34 anos. Descobriu que o gasto com alimentação, que era de 33,9% do orçamento das famílias, agora consome 16%. A alimentação ficou mais barata porque a indústria de alimentos e o agronegócio ficaram mais eficientes na Brasil.

Também mostra que o brasileiro está poupando cada vez menos. Isso é preocupante. Há 34 anos, 16% do dinheiro era de aumento de patrimônio. Agora, é menos de 6%. Outro dado importante é que famílias chefiadas por mulheres gastam 15% menos que a média, enquanto as chefiadas por homens, 7% a mais.

Fonte: Bom dia Brasil

Bookmark and Share

Interessados em investir no setor imobiliário terão uma boa ferramenta para aferir a rentabilidade de seus negócios a partir do segundo semestre deste ano.

É quando a Fundação Getúlio Vargas (FGV) pretende lançar o Índice Brasileiro de Rentabilidade Imobiliária (Ibri), indicador que trará dados consolidados sobre a receita de investimentos de imóveis comerciais, incluindo shopping centers, escritórios comerciais, galpões industriais e garagens, entre outros. Futuramente, o indicador deverá agregar também o setor residencial.

Segundo Paulo Picchetti – idealizador do índice, professor da FGV e pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia, que coordena o Índice de Preços ao Consumidor Semanal -, o Brasil não dispõe hoje de um indicador consolidado para o setor imobiliário, e essa é a grande motivação para a construção de um índice como o Ibri:

– Hoje, cada investidor conhece a rentabilidade de sua carteira de imóveis, mas não tem uma ideia clara do que seja o desempenho do mercado como um todo. Fazendo uma analogia com o mercado acionário, é como se cada investidor pudesse acompanhar a rentabilidade do conjunto de ações particulares que possui, mas não pudesse compará-la com a média do mercado, caso o Ibovespa não existisse.

Leia a notícia completa….

Bookmark and Share